FLAP 2007: CONTAMINAÇÕES


sobre a FLAP 2005

Relatos da FLAP 2005  

por Geraldo Vidigal

 

O importante é dar continuidade ao projeto de manter um – ou dois, ou dez – fórum de discussões entre aqueles que procuram inovar na arte brasileira, um debate entre as principais correntes da estética atual, um saber o que o outro está lendo, assistindo, pensando, porque o certo é que, parafraseando Lewis Carroll, se caminharmos o suficiente a algum lugar temos de chegar. 

 

A FLAP foi organizada com dois objetivos básicos. Em primeiro lugar, tentar mostrar para o público que existe gente produzindo coisas novas no Brasil, que nossa literatura não terminou na década de 50 nem morreu com João Cabral, que existem poetas e prosadores buscando novas formas, uma nova linguagem, uma literatura que reflita a vida no Brasil do século XXI. Em segundo lugar, tentar reunir essas pessoas que pensam e produzem literatura atual no país para debater sobre o assunto, os rumos atuais da literatura e, por que não?, tentar criar um núcleo de onde se possa pensar projetos que aumentem a presença da literatura na sociedade.

 

Tendo em mente que esses eram os objetivos, a organização considera que para uma primeira edição, feita um pouco em caráter experimental, o sucesso foi total. Com o baixíssimo orçamento com o qual trabalhamos, conseguimos trazer discussões de altíssimo nível e atrair uma atenção ponderável – dos escritores de São Paulo que contatamos, apenas dois ou três não puderam vir. Nossa meta é no futuro trabalhar com mais organização e tentar ampliar o debate, trazendo quem mora em outros Estados. Mas pensando no quanto gastamos e na organização e adesão totalmente voluntária, podemos dizer que foi um sucesso absoluto.

 

Infelizmente tivemos que dizer a uma série de interessados que as vagas estavam preenchidas. O Espaço dos Satyros é um lugar excelente pela localização e o pessoal deles foi realmente fantástico conosco. Mas a procura foi realmente muito grande, mesmo com a divulgação meio ‘marginal’ que fizemos, principalmente por blogs e e-mails para grupos de interesse, e tivemos que recusar aproximadamente 80% (!) das pré-inscrições. Quanto a quem ‘conseguiu’ passar pela peneira das possibilidades que o local oferecia, avaliando pelas perguntas feitas, atraímos principalmente escritores amadores e estudantes de arte. Mas não ficamos fazendo ficha cadastral de ninguém, afinal não pretendemos enviar propaganda pelo correio para os participantes.

 

O principal problema foi justamente arrumarmos um local, porque não queríamos fazer na São Francisco ou na FFLCH [Faculdades de Direito e de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, de onde os organizadores da Academia de Letras e da Revista Metamorfose se conhecem]. Queríamos mostrar nossa disposição de sair da Universidade, estávamos procurando um teatro mesmo, só que trabalhando com o nosso orçamento zero. Até fecharmos com os Satyros houve um certo nervosismo, fora ficar rodando a região e conversando com todos os responsáveis pelos lugares.

 

De resto, a organização foi feita totalmente em caráter voluntário e sem maiores complicações. No dia, tudo deu surpreendentemente certo, e o Espaço ficou lotado – mas nem todos os inscritos puderam participar.

 

A autorização da Prefeitura para a realização da feirinha acabou saindo só de última hora, o que desmotivou bastante gente de ir se apresentar. A maioria das barracas, no fim, era de editoras ou vendedores independentes de livros.

 

 

Sobre o teor das palestras, não faremos nenhum comentário, já que quem viu, viu, da próxima vez pensaremos em como retransmitir tudo isso.

 

Por fim, sempre nos perguntam, mas a idéia é fazer alguma coisa do tipo todo ano, nos empolgamos bastante com a facilidade que existe no meio, só precisa de gente catalisando pra acontecer um negócio assim; nem sabemos se vai continuar chamando FLAP ou se vamos mudar pra uma outra onomatopéia qualquer, como sugeriu o Mamede Jarouche no encerramento. Então não tem nem sentido manter um ‘sistema FLAP’ funcionando permanentemente. O importante é dar continuidade ao projeto de manter um – ou dois, ou dez – fórum de discussões entre aqueles que procuram inovar na arte brasileira, um debate entre as principais correntes da estética atual, um saber o que o outro está lendo, assistindo, pensando, porque o certo é que, parafraseando Lewis Carroll, se caminharmos o suficiente a algum lugar temos de chegar.

 

PROGRAMAÇÃO: FLAP 2005

(atualizada em 14.07.05)

 

Data: 16 de julho, sábado

Horário: das 9:30 às 18:30h

Local: Espaço dos Satyros

Pça. Roosevelt, 214, São Paulo. Tel.: (11) 3258.6345


 

 

9:30h – Inscrições

 

10h – Abertura: A Rebeldia e seus Discursos

Mesa: Antonio Vicente Pietroforte

Professor Doutor, FFLCH-USP

 

Joca Teron

Escritor

 

Glauco Mattoso

Poeta

 

11:30h – A Narrativa Contemporânea

Mediador: Bruno Zeni

 

Andrea Saad Hossne

Professora Doutora, FFLCH-USP

 

Marcelo Mirisola

Escritor

 

Priscila Figueiredo

Crítica e poeta

 

13h – 14h – Intervalo

 

14h – Poesia Contemporânea e suas Paisagens

Mediador: Dirceu Villa

 

Manuel da Costa Pinto

Crítico e editor

 

Eduardo Sterzi

Crítico. Editor da Revista Cacto

 

Tarso de Melo

Poeta. Editor da Revista Cacto

 

Heitor Ferraz

Poeta e editor

 

16h – Poesia Contemporânea e Sociedade

Mediador: Paulo Ferraz

 

Maria Claudia Galera

Especialista em Literatura Comparada

 

Ademir Assunção

Poeta. Editor da Revista Coyote e organizador do Movimento Literatura Urgente

 

Frederico Barbosa

Poeta

 

Cláudio Daniel

Poeta. Editor da Revista Zunái

 

17:30h – Encerramento

Mamede Jarouche

Tradutor das Mil e Uma Noites. Professor Doutor, FFLCH-USP

 

18h – Lançamento da Revista Phoenix n° 19

Local: Bar ao lado

Anúncios

Deixe um comentário so far
Deixe um comentário



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s



%d blogueiros gostam disto: